terça-feira, 15 de setembro de 2015

Lixo?




Obviamente se trata de um depósito/ferro velho americano, se os governos não fossem tão fominhas e burrocráticos isso poderia ser enviado a países de 3 mundo para empresas sérias e serem reciclados, baixando muito o preço das peças por aqui.

Eu sei que é uma idéia insultante, receber lixo do primeiro mundo, mas há quantos anos a gente já não recebe?

4 comentários:

  1. Cara, é sim uma ideia interessante vendo todo esse material não como lixo, mas como material de trabalho. Mas do jeito que é o nosso BRASIL...SIL...SIL, é bem provável que se isso viesse a acontecer um dia, esse "lixo" seria vendido a preço de novo. Ou eu estou errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De jeito nenhum, tá certissimo, alias eu tenho pra mim que isso já acontece, é o caso de eletronicos "refirbushed" que tem muito nego vendendo aí como se fosse novinho de fábrica...e não é o caso de peças usadas, mas muito setores de automotivos e motos trabalham com estoque que foi "encalhe" de paises de 1 mundo, ou seja sobras que tavam apodrecendo em alguns galpões nos E.U.A....

      Excluir
    2. Ops, escrevi errado , o termo correto é refurbished, preça (ss) de escrever, rssssss

      Excluir
  2. Com a nossa burocracia já é meio difícil ter acesso aos depósitos daqui imagina se rolasse algo deste tipo, fora o preço, claro, como o Barbados disse.

    Mas seria bem legal, com certeza existem riquezas nesses ferro-velhos.

    ResponderExcluir